Lombo recheado com ameixa preta

Na noite de sábado pensava no que fazer de almoço no domingo. Meu uma vontade de fazer pernil.

Depois me dei conta que temperando ainda que fosse cedo, não daria tempo.

Troquei por lombo e pelo menos mantive a carne de porco que tanto gosto.

O prato seria então lombo recheado. Nunca havia feito, mas sempre que penso em lombo lembro que minha mãe faz com recheio de ameixa preta.

Uma das vantagens de morar no interior é que conseguimos carnes ótimas sem estarem congeladas e foi o caso do belo pedaço de lombo que encontrei no meu açougue de confiança.

Como o almoço seria apenas para duas pessoas, cortei a peça de 1.6kg ao meio.

A segunda metade foi para o freezer esperar a sua vez.

Bom, os ingredientes:

  • Uma peça de lombo de porco de aproximadamente 800gr;
  • Ameixas pretas sem caroço;
  • Tomate seco;
  • Alho;
  • Sal / pimenta do reino a gosto;
  • 01 laranja

Um leve corte lateral na peça, sem dividir ao meio. Acomode as ameixas pretas sem caroço. Pique um dente de alho e um pedaço grande de tomate seco misturando com as ameixas. Um pouco de sal e pimenta a gosto.

Use um pedaço de barbante para amarrar toda a peça do lombo evitando que o recheio saia.

Em uma panela aquela um fio de azeite e uma colher de margarina. Coloque o lombo para selar de todos os lados.

Quando a peça estiver dourada por igual jogue o suco de uma laranja e apague o fogo. Passe para uma assadeira. Acabei não usando papel laminado (havia acabado). Repare que na panela a carne liberou um caldo que juntou com o azeite, a margarina derretida e o caldo de laranja. Pode ser que um pedaço de ameixa tenha escapo, tudo bem. Mantenha a panela dessa maneira para fazer o molho.

Dica: ao embrulhar uma peça com papel laminado use o lado mais brilhante para dentro.

Se quiser aproveite o forno e coloque batatas pré-cozidas cortadas ao meio para assar. Não foi o meu caso hoje.

Quando decidi pelo lombo quis fazer um molho pra acompanhar e pensei em molho mais doce pra combinar com o lombo e as ameixas.

Foi da seguinte maneira:

Usando aquela panela da fritura do lombo, aqueça e coloque 05 colheres de açúcar mascavo, 03 colheres de ketchup, 01 colher de mostarda. Um pouco de molho inglês, sal.

Não pare de mexer por alguns minutos.

Percebendo que está uniforme acrescente meia long-neck de cerveja preta.

Aproveite e tome a outra metade.

Adicione uma colher de maizena e meio tablete de caldo de carne. Continue mexendo até engrossar. Provavelmente esse molho ficará pronto antes da carne que a propósito deve ser virada de vez em quando na forma.

Um bom e simples arroz branco acompanha. Esse foi a Mônica quem fez.

Procure não deixar o lombo secar muito no forno.

Esse de hoje ficou no ponto. E teve até fotos.

Abraços.

Luiz

 

Anúncios
Publicado em almoço ou jantar, carne | Marcado com , , , , , , , , , , | 2 Comentários

Variação de bruschetta

Muito fácil de fazer e pra mim é uma daquelas coisas que não tem a receita certa.

No máximo não vai chamar bruschetta mas “o meu lanche aberto no pão italiano”. rs

Falando em pão italiano: bom, vamos combinar que esse é o melhor suporte para montar a sua bruschetta. As crianças podem preferir no pão de forma.

Dizem que o modo tradicional é passar azeite e alho no pão e dar uma grelhada antes.

Eu mandei direto no forno.

No domingo passado fiz dessa maneira:

Fatias grossas de pão italiano, uma pincelada de molho de tomate.

Comprei uma caixinha de tomates daqueles babys, menores ainda do que o tomate cereja mas podem ser destes ou até mesmo o tomate comum.

Cortei todos ao meio e temperei com um pouco de sal, orégano e azeite.

Fora os que não consegui salvar da Tatá pois quando ela os viu, comeu como se fossem balas. Ela adora tomate, pimentão brócolis, alho, mas isso é assunto pra outro post. rs

A parte deixei marinando lascas de peito de frango com molho shoyu e raspas de gengibre. Não coloquei sal.

Passei esse frango na frigideira. Tome cuidado para não deixar cru pois como o molho shoyu escurece a carne pode parecer que já está no ponto.

Voltando a assadeira dos pães já com o molho de tomate, a montagem foi assim:

Tomates temperados, o frango (retire as lascas de gengibre caso alguem não goste), queijo branco picado, salame em cubinhos, rodelas de pimenta doce comprida (parece um pimentão só que mais fino e comprido), uma azeitona preta no topo dessa montanha, orégano e um fio de azeite.

Forno por uns 15 a 25 minutos e está pronto.

A mistura de sabores e textura é muito boa. O crocante do pão, o macio do frango, o toque do gengibre e a suavidade do queijo.

Essa foi uma variação mas como disse no início, faça a sua ao seu gosto.

Em outro final de semana fiz somente com frios: mussarela, presunto, lombo defumado.

É bom para acabar com algumas coisas que estão quase morando na sua geladeira.

Se é ou não uma bruschetta não sei, mas foi aprovada pelo meu rígido comitê de avaliação, lá em casa.

Abraços.

Publicado em frango, lanche | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário

Paella falsa de frango e linguiça

Achei essa coleção da Publifolha na Livraria Cultura: aqui

Comprei essa de frango e lá tenho encontrado muita coisa interessante. Depois também comprei a de crianças.

Admito que tenho preferência por carne vermelha mas o coitado do frango sofre por falta de novas opções de preparo ou na verdade, por eu desconhecer novas receitas.

A primeira que fiz desse pequeno e útil livro foi a falsa paella de frango com linguiça.

Como moramos no interior a compra de bons frutos do mar fica mais complicada.

Bom, o prato é simples. Como não estou com o livro aqui, poderei deixar as quantidades depois. Agora passarei somente o modo de preparo.

Duas panelas:

Uma com azeite e cebola picada e as linguiças em pedaços pequenos.

Eu usei uma linguiça fina de ervas (feita artesanalmente na cidade).

Em outra panela cozinhe os filés de frango cortado em cubinhos.

Quando estes já estiverem prontos coloque-os na panela com as linguiças.

Acrescente rodelas de pimentão. Usei um vermelho e um amarelo.

Uma ou duas pimentas dedo de moça sem as sementes podem entrar nesse momento, pra quem gosta.

Como tem as crianças em casa coloquei páprica doce no lugar da apimentada.

Depois de tudo bem cozido, mexendo de tempos em tempos, acrescente o arroz, mexa bem, coloque um pouco de sal (tomar cuidado se usou a pimenta, a páprica e linguiça temperada demais) e uma colher rasa de açafrão.

Jogue água, mexa bem e deixe o arroz cozinhar.

Perto do final salpique salsinha e azeitonas pretas e verdes.

Regue com azeite e está pronto.

Se não esqueci de nada, é isso. rs E se fizer para o almoço, aproveite também no jantar pois estará ainda mais saboroso.

Sem fotos novamente.

Publicado em almoço ou jantar, frango | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

Panqueca rápida

Achei uma receita bem rápida de panqueca. Boa para café da manhã ou mesmo matar a vontade de um doce numa tarde fria de sábado.

Ingredientes e modo de fazer:

Misture 150gr de farinha de trigo, 01 colher de sopa (rasa), 02 colheres de sopa de açúcar.

A parte bata um ovo e 15oml de leite. Se gostar pode adicionar baunilha.

Depois de batido vá misturando lentamente na mistura de farinha mexendo sempre até formar uma massa leve e homogênia.

Nesse momento se desejar pode acrescentar pedaços bem pequenos de frutas como banana, maça, pêra, etc. Já fiz com pêssego e ficou muito bom.

Aqueça uma panquequeira ou frigideira pequena com uma gota de óleo e coloque uma concha pequena da massa.

Com uma espátula vire e asse os dois lados. Eus costumo pressionar durante a “fritura” para ajudar a cozinhar por dentro.

É bem rápido.

Muito bom pra comer com mel ou coberturas.

Como ela não é muito doce ainda farei pra comer com ovos e bacon, seguindo a sugestão do Gelão.

Não deu tempo de fotografar. É isso.

Publicado em café da manhã | Marcado com , , , , , , , | 1 Comentário